Friday, 27 July 2007

Dark Butterfly

Asas negras como a escuridão da noite,
Bela como uma mórbida rosa,
Vivia entre lápides em um jardim obscuro.
A luz do luar só voltará a brilhar qndo a predestinada alma liberta-lá...

Hoje suas asas quebradas já não pode voar,
Seus pesadelos já não a deixam sonhar,
Suas lembranças fazem com que a sua esperança fique cada dia mais viva.
Ficou a eternidade á spera daquela alma

Para tirar sua dor melancolica
Em seus ultimos suspiros
O que seus olhos não viram
Seu coração sentiu a presença da divina alma.

A luz do luar voltou a brilhar naquele lugar!!
Onde há luz do luar sempre havera uma'borboleta há vagar...!¡


I'm your butterfly...
Forever..
(L)
es o meu porto seguro carlos..

2 comments:

[_Fall3n AngeI_] said...

i will be forever your guardian my love. i will always love you,and i dont want to see you sad! bloody kisses my dear

joao said...

Sussurrar aliterações em teus ouvidos
Fazer a pele arder em teus sentidos
Misturar o som do gozo com os gemidos
Depois fazer silêncio dos ruídos

Manter a intercecção em nossos corpos
Como que o plural de um só ser
Romper com este silêncio em que dispostos
Para não deixar a noite arrefecer

De sua penumbra cúmplice a sanha
Vertem nossa sentença de alforria
E sem lembrar que a noite traz o dia

Enleva-se essa sede já tamanha
Sorri no seu sorriso de alegria
E nos diz que prematuro amanhecia