Sunday, 16 August 2009

Falta-me um bocado... Do coração... Da vida... Algo que deixei para trás... Algo que não voltará mais...

E tu, tens és um bocado desse bocado... As saudades já não cabem no peito e escorrem pela face em forma de lágrima... Longe de ti, vai sempre faltar-me algo...

Porque tu, és tu e nada mais... E é disso que gosto de ti... Disso fora todo o resto...

1 comment:

a.m said...

Seremos sempre incompletos, porque faz parte de nós, seres insatisfeitos e incompletos