Monday, 30 April 2007

Para um "mago" real

João...

na noite passada tive um sonho estranho, muito estranho. Na verdade, começou como um pesadelo, pois eu estava num local desconhecido, perdida no meio de grandes árvores e desorientada por uma profunda escuridão.
Fazia frio e eu sentia medo. Não sabia para onde caminhar e arriscava passos temerosos e curtos, a tactear cada metro à minha frente. Mas, de repente, surgiu uma pequenina luz, pequenina mas forte, prateada e intensa que se foi ampliando pouco-a-pouco enquanto me enchia de esperança... Eras tu! Eras tu que te revelavas um mago poderoso. Um feiticeiro poderoso que surgia envolto num manto de ouro para mostrar-me um atalho bom e seguro.
No sonho, não disseste nada, e eu também não... Quando percebi, estava à beira de um lindo lago iluminado e azul. Olhei para trás, a pensar em agradecer-te pela tua mágica ajuda, mas nesse momento desapareceste e eu despertei.
Despertei aliviada e feliz, e comecei a ponderar o quanto de verdadeiro havia em tal sonho. Sim, era tudo real! Era tudo real porque és mesmo um mágico senhor; porque és belo, doce, e estás sempre ao meu lado quando preciso dos teus mágicos conselhos, do teu providencial carinho e da tua especial protecção.
És um personagem de contos-de-fadas que invadiu, definitiva e alegremente, a minha vida real.
Amo-te pelo que és! E amar-te-ei até ao fim dos meus dias!!!

2 comments:

Anonymous said...

identifico-me mt cntg . . cntinua a desabafar pq faz smpe bem, msmo q nng leia x)
kiss**

hiponimo said...

não digas isso, miúda!, nada é eterno nesta vida..verás q esse amor desaparecerá com o tempo e virá outro,outro e outro após..!