Thursday, 28 June 2007

A nossa historia..

Ao olhar para os teus olhos
Não consigo ver nada
Vejo apenas o olhar
De uma criança assuntada

O medo do escuro
O medo da solidão
Apenas o medo
Consegue controlar o teu coração

Uma luz na escuridão
É tudo o que essa criança procura
Apenas uma solução
Para a sua vida futura

Reecontrar a esperança
Renascer para a vida
Encontrar a segurança
Que nunca sentiu essa criança perdida

Seguir um caminho
Encontrar um amor
Sentir finalmente
Que a vida nem sempre é feita de dor

Nem sempre é a dor que nos guia
Nem sempre é a tristeza que nos vigia
A felicidade está presente
Nem que a dois passos mais a frente

Sentes-te só? Porque? Eu estou aqui!!
Estou longe? E dai?
Esteja onde estiver
Eu estou sempre ao pé de ti!

Fizemos uma promessa
Uma promessa que ninguem pode quebrar
Prometi estar sempre ao pe de ti
E ao pe de ti sempre vou estar!

Lamento ter-te magoado
Não era essa a imnha intenção
Perdoa-me por ter errado
Apenas tentei trazer luz à tua escuridão

Nunca pensei que tudo chegasse a este ponto
Mas devia ter calculado
O teu coração veio ao meu encontro
E eu devia te-lo travado

Deixamo-nos levar
Agora só nos resta esquecer
Esquecer o que é amar
E lembrar o que é viver!

A nossa amizade é o mais importante
E apesar de estamos longe
Aproveitaremos issto
Até o ultimo instante

Saturday, 23 June 2007

Lágrimas..

Não mereco as tuas lagrimas..
Não mereco que sofras por mim..
Não te quero a chorar
Por um desgosto sem fim..

Tudo não passou de um sonho..
Tudo não passou de ilusão..
Agora so peço que me esqueças...
Para o bem do teu coração..

Não te quero magoar..
Não te quero fazer sofrer..
Quero que sejas feliz..
Como mais ninguem possa ser..

Não quero te matar..
Não quero que morras por mim..
Só te queria ajudar..
Não que ficasses assim..

Sinto o bater do teu coração..
Sinto o toque das tuas mãos..
Mas sobretudo sinto a amizade..
Que nos une como irmãos..

Não digas que te abandonei..
Porque vou estar sempre aqui..
Por muito longe que esteja..
Estarei sempre perto de ti..

Não quero ver lagrimas nos teus olhos..
Não quero sentir frio no teu coração..
Quero sim ver uma luz..
Uma luz na escuridão..

Peço agora que te afastes..
Para que não fiques assim..
Não quero que te magoes..
Não te quero a sofrer po mim..

Por favor, peço que me compreendas..
Nada do que eu disse, foi em vão..
Agora despeço-me de ti..
Com um simples beijo no teu coração..

Wish you were here - Nightwish

Wish you were here
Me oh my country man
wish you were here

I wish you were here
Don't you know the snow is getting colder?
And I miss you like hell
And I'm feeling blue

Wish you were here
Me oh my country man
wish you were here
(Wish you were here)

Wish you were here
Don't you know the snow is getting colder?
And I miss you like hell
And I'm feeling blue

I've got feelings for you
Do you still feel the same?
From the first time I laid my eyes on you
Felt the joy of living
I saw heaven in your eyes
In your eyes

Wish you were here
Me oh my country man
Wish you were here
(Wish you here)

I wish you were here
Don't you know the snow is getting colder?
And I miss you like hell
And I'm feeling blue

I miss your laugh
I miss your smile
I miss everything about you
Every second is like a minute
Every minute's like a day
When you're far away

(The snow is getting colder and I wish you were here)
(A battlefield of love and fear, and I wish you were here)

I've got feelings for you
From the first time I laid my eyes on you

Wish you were here
Me oh my country man
Wish you were here
(Wish you were here)

I wish you were here
Don't you know the snow is getting colder?
And I miss you like hell
And I'm feeling blue

(Wish you were here)
(I wish you were here)










[i don't want to still alone.. :'( ]

Friday, 22 June 2007

Life sucks..

Como doi um coração partido..
Como magoa um sentimento esquecido..
Uma vida jogada fora..
Por alguem que nao merecia a pena..

As trevas e a solidão são as unicas saídas para este sofrimento..

Doi pensar que fui enganada..
Doi pensar que amei e não fui amada..

Quero vingar-me mas não tenho forças..
Quero levantar-me mas não tenho asas..
Quero morrer mas continuo viva..
Quero viver mas ja morri por dentro..

Monday, 18 June 2007

A energia dos mortos..

Na tempestade e ventania que acontecia naquela madrugada insana, havia uma criança espancada e cheia de ferimentos que não parava de chorar.

Ela ajoelhou-se de frente de uma janela e olhando para o céu pediu para ser salva e que tudo de mau fosse embora, mas nada aconteceu...

A criança então desespera, sai a correr pela sua casa e cai em seus próprios pensamentos.

Então cansada ela já sem rumo chega até uma igreja procurando por ajuda, a ajuda que ela não encontrou! Na igreja só pediam para ela rezar, mas isso não resolveu nada.

A cada momento que passava ela confundia-se ainda mais e então o que viria em sua mente para solucionar sua vida?

Caminhando pela madrugada fria ela se depara com um cemitério e entra nele.

Viu um monte de túmulos abandonados e se deitou sobre um deles.

A energia dos cadáveres naquela sepultura se transferiram para a pequena criança e os ferimentos simplesmente sumiram assim como todas as coisas ruins também.

O que a pequena criança não sabia era que ali estava sua resposta, pois ali estava sepultado o seu próprio corpo!

Friday, 15 June 2007

Génio da Noite...


Espirito que passas, quando o vento
Adormece no mar e surge a Lua,
Filho esquivo da noite que flutua,
Tu so entendes bem o meu tormento.

Como um canto longinquo.. triste e lento,
Que voga e sutilmente se insinua,
Sobre o meu coração que tumultua,
Tu vestes pouco a pouco o esquecimento.

A ti confio o sonho em que me leva
Um instinto de luz, rompendo a treva,
Buscando. entre visões, o eterno bem.

E tu entendes o meu mal sem nome,
A febre de ideal, que me consome,
Só tu, Genio da Noite, e mais ninguem!



n resisti.. tive de vir postar!!!

Sunday, 10 June 2007

exames nacionais...

Por decição do ministerio da educação portugues, este blog ficará suspenso ate aproximadamente dia 20/06. Por motivo de força maior, eu, a autora do blog, ficarei emergida nos livros de portugues (ate dia 19/06) e matemática (ate dia 21/06)... Agradeço a vossa compreenção e até dia 21/06...

P.S. Não esqecendo de frisar: eu sou novamente um anjo... loool ja posso voar pra longe sem ter que dar explicações a ninguem!! fartei do joao... fartei.m de sofrer por ele.. loool now, i'm free!! :D ah e carlos, obrigado por seres assim cmg!! adorote muito my king :$ =)

FUI-MEEEEEEEE

desejem-me boa sorte pra porcaria dos examens...

Saturday, 9 June 2007

Anjo Caído...


Um anjo traído
na sua torre calada
suas penas caíram
sua chama foi apagada

No topo da torre
o anjo foi confinado
com sua espada marcada
pelo sangue dos seus odiados

Asas molhadas
o anjo não pode voar
depois de tanto chorar
ele é incapaz de sonhar

O anjo da mágoa
só sabe sofrer
na torre de lágrimas
ele não sabe o que fazer

Sem uma das asas
ele não pode se libertar
porque não me abraças
e vamos juntos voar?

Thursday, 7 June 2007

A missão do Cavaleiro


Há séculos atrás em uma pequena aldeia havia uma criança pura mas porém insana que enlouquecia todo o seu povo em plena época da inquisição.

A isolaram-na em uma catedral e tentaram exorciza-la, pois diziam que ela estava possuída e que mais cedo ou mais tarde ela iria amaldiçoar sua própria Terra. Anos passaram-se e agora ela não é mais uma criança, ela cresceu e os protestantes aumentaram. Ao passar dos dias sua vida ia se dificultando e a vontade de mata-la ia crescendo... Ninguém daquele povoado poderia mata-la, ninguém apesar de querer não conseguiria destruí-la.

Em uma noite de tempestade surge um homem sob um cavalo preto. Ninguém conseguia ver o rosto desse cavaleiro, pois vê-lo representava a morte! Todos aguardavam pela morte da rapariga maldita e todos queriam que o cavaleiro das sombras levasse-se para as trevas. Certo dia a menina estava caminhando pelo labirinto e de repente se depara com o cavaleiro, seus olhos brilham e então ele a vampiriza sugando todas as suas energias e seu poder, mas o sangue dela ainda estava intacto, pois seu sangue é puro e seu corpo ingênuo.

Após vampiriza-la ele a leva em seus braços para a aldeia e sem perceber beija seus lábios e a transforma em humana. Ao chegar na aldeia todo seu povoado se reúne para ver sua morte. O cavaleiro então se comove com o sofrimento da camponesa que agonizando pede por ajuda...

Apesar do seu sangue ser amaldiçoado, a camponesa lutou para defender seu país e mesmo assim ela continuou sendo a ovelha negra. O cavaleiro estava confuso, pois nunca havia sentido nada igual, porque sempre foi imponente, mas dessa vez algo mais forte que ele invadiu a sua alma...

Então chega o momento da revolta: todos queriam ver a camponesa morta e essa vontade despertou o instinto assassino do cavaleiro e o desejo não era uma ordem, era simplesmente uma vontade! Após isso a noticia se espalhou por todo o povoado e junto dele o ódio.

O cavaleiro a carrega em seus braços até o centro da cidade, ele não esperava sentir tanto remorso por cumprir com uma missão, a missão que destruira parte dele. Com lágrimas de sangue escorrendo dos olhos ele ia se aproximando das chamas que mais tarde iriam carbonizar um belo corpo.

Passaram a corda pelo seu pescoço e antes de enforca-la o cavaleiro se pôs de joelhos e lhe pediu perdão. A camponesa aceitou o seu destino e perdoou o cavaleiro dizendo a ele que também o ama...

Agora já é tarde demais, chegou a hora, ela foi enforcada. O cavaleiro foi até a camponesa, desamarrou a corda de seu pescoço e a deitou sobre o seu colo dizendo para ela retornar mesmo que fosse para não perdoa-lo, pois sua missão ainda não havia terminado. Por horas e horas ele ficou acariciando aquele belo rosto. Ele a pega em seus braços e a carrega até a fogueira, lá ele a deita sob as chamas que começam a carbonizar o corpo e em segundos o corpo já não existe, agora só há cinzas.

O cavaleiro cumpriu sua missão e agora ele carregará em sua mente o remorso e em sua alma a dor. Anos se passaram e o cavaleiro ainda não se esqueceu da sua camponesa e ainda carrega consigo as cinzas daquele corpo.

Quando o cavaleiro menos esperava, das cinzas surge a sua camponesa. Ela retornou a vida, a mesma vida que tiraram dela...

Seu corpo agora vaga pelo jardim de rosas e caminhando pelos espinhos sangrentos ela se entrega ao cavaleiro, agora ela é uma mulher e ele possue o seu corpo, possue a sua alma e agora eles são apenas um e vivendo apenas de dor, vingança e paixão.

O seu povo esta morto e sua cidade desapareceu e o mundo nunca mais será o mesmo, pois destruiu quem lutou por ele e agora ele será destruído!

Friday, 1 June 2007

Ele matou-me... Por ele, eu ja morri..



Como voltarei a confiar em alguem se a pessoa que eu mais amava traiu.me de uma maneira tao baixa? Como poderei voltar a sorrir sabendo que fui enganada este tempo todo? Eu sabia que ele ainda gostava da ex, mas n fazia ideia q ele a amasse...

"AM...-TE... pois princesa... faltam alguma 'pessas' nessa palavra.. e na nossa relação... miss u...."

disse.lhe ele atravez do sistema de mensagens no netlog, mais conhecido como facebox.

"So sweet.. like you 4 ever... u kwon.. nk t eskeço nem nk esquecerei... es uniko e inprescindivel..es essencial... my prince of darkness..."

respondeu.lhe ela aos supostos coments e actualizações no livro de visitas... Fui apunhalada fortemente no coração pela pessoa que eu mais amava no mundo... Como fostes capaz joão? pq o fizeste?! não consigo... a serio... a escuridão e a dor tomaram conta de mim.. ja não durmo, n como, não tenho vontade de nada... pedi ao meu anjo negro para que me transformasse toda essa dor e esse sofrimento em indiferença... pode-se dizer que em parte conseguiu... mas é tao forte, que nem ele, o meu ser supremo, o meu amo, consegiu aliviar.me... pedi tambem para que preenchesse o espaço vasio do meu coração com odio e sede de vingança. isso ele fez. no inicio, tudo o que eu queria era morrer, queria q acabasse tudo ali, naquele momento... mas agora, um dos meus intuitos de viver e' poder ve.la a sofrer um dia. sonho ter o prazer de mata-la. tirar-lh o coração com as minhas proprias mãos e fazer.lh pedir pro td o q é mais sagrado no mundo, que pudesse voltar atraz ate ao dia em q ela supostamente conheceu.o. O dia da minha vingança chegará, e todos os anjos e guardiões estarão ao meu lado, prontos para faze.la perder ate a ultima gota de sangue. Desejo matar.lhe, e por + que algm me magoasse, nc desejei a morte a nignm, fosse a quem fosse. Mas agora mudei. A escuridão tomou conta de mim definitivamente. Entreguei-me por completo. E ctg Rita e Johny vou vaguear pelas trevas esperando que a morte me encontre. (mas 1º encontra la a outra [piadinha sem graça... humor negro... paciencia....] )
Sinto.me mesmo horrivelmente mal, mas apesar de tudo, vou tentar esqecer esta cena e tentar ter um futuro decente com ele... eu amo*o msm... apesar dele nao retribuir o sentimento...

eu - Tu podes gostar muito de mim, mas e' a ela q tu amas...
ele - Pois...

cada palavra que eles disseram... cada letra que eu li foi como sentir um punhal a entrar e a sair de dentro do meu peito... ele dizia q me amava... como um rapaz tem conragem de enganar dessa maneira a rapariga dessa maneira sabendo que ele e' a coisa mais importante na vida dela, e que sem ele ela nao consegue viver?? eu fartei.me de lhe dizer isso... cansei de repetir... as palavras saiam automaticamente... amote bebe... tbm te amo mor... pq ele fez.m isso?? eu n merecia ser traida dessa maneira... eu n merecia sofrer assim... sempre tentei lhe fazer o homem mais feliz do mundo e em troca o q recebi? um punhal cravado mesmo no coração...

da maneira como me sinto, so me basta mesmo esperar que Ela um dia chegue... pq afinal a minha unica função em viver e' esperar pela morte... pois so' ela sera' capaz de me fazer esquecer...