Sunday, 26 December 2010

Adeus 2010...

Mais um ano está a ficar para trás... Mais um ano de lágrimas, desilusões, sorrisos e alegrias... Seguramente este foi um ano em grande para mim... Apaixonei-me... Fui feliz... Deixei ir o rapaz que, sem dúvida, gostou mais de mim do que qualquer outro... Magoei e fui magoada... Arrependo-me de meia dúzia de situações mas no geral nada mudava... Conheci pessoas que passaram de desconhecidos à essenciais! Amigos a quem realmente chamo de amigos... 2010 foi um ano que fez diferença. Entrei para a faculdade e, infelizmente, já não sou uma criança... A idade trás responsabilidades... Quem diria...  2011 será a minha oportunidade de fazer tudo o que ficou por ser feito este ano! Não vou desperdiçar chances e vou viver tudo ao máximo!

Em 2011 quero ser feliz! Em 2011 eu VOU ser feliz!

Saturday, 4 December 2010

Já foste

Mesmo depois de tantos anos continuas a atormentar-me! Deixa-me em paz de vez! Dei-te tudo de mim e escolheste virar-me as costas! Agora é tarde demais, aliás, foi tarde demais para voltar atrás no momento em que descobri a verdade, naquela tua primeira acção, no teu primeiro deslize. Agora não podes voltar atrás e eu quero-te de vez FORA DA MINHA VIDA! Morre! Não quero saber de ti, não quero saber se ainda existes! Quero que desapareças de vez! Não me importo se agora arrependes-te, se só agora (depois destes anos todos) deste conta do que tínhamos e do que TU e só tu deitaste a perder. Pouco me dá se estás mal ou bem! Estás por ti mesmo, não há nada nem ninguém a tua volta e assim vais ficar até ao fim dos teus dias. Vais perceber o que é a dor e a mágoa. Vais perceber que dói e com o passar dos anos vai doer ainda mais.

Estás mal? I just DON'T care.. ^^ It's your problem.. Not mine.. FUCK YOU!

E btw.. isto só cá está porque insistes a vir ler o meu blogue.. Então pronto, aí tens a resposta. Morre longe!

Friday, 3 December 2010

Errar é humano.. Não é?

Quero arrancar isto que tenho no peito.. Esquecer a lembrança que um dia viveste em mim.. Apagar sentimentos e memórias.. Tudo do que tu fizeste parte.. Dói demais.. Não queria isto.. Nunca quis.. Gostar de ti foi um erro.. Um erro que infelizmente não posso corrigir..

Sê feliz longe de mim.. Desaparece de vez e finge que nunca me conheceste..

Saturday, 27 November 2010

De 2008 para 2010

O som da chuva a cair lá fora fascina-me... Cada gota que bate no estore traz-me recordações, memórias que a muito pensava ter esquecido... Tantos momentos amargos passei com a chuva como banda sonora... Tanta alegria e tantos sorrisos a chuva assistiu vindos de mim... Lágrimas camufladas pelas gotas vindas do céu rolaram pela minha face enquanto corria até mais não poder debaixo da chuva... Tanto já me ri e tanto ainda me rirei! A vida não acaba hoje, tal como não acabou ontem... Ainda há tanto pela frente... Ainda tenho tanto que descobrir! Primeiramente, eu! Preciso de descobrir o que vai cá dentro, porque ainda não cheguei lá... Preciso de mais tempo para mim, para conhecer-me, para aprender a viver comigo mesma... A seguir, conhecerei o mundo... As estrelas... O mar! O céu!! Sim, porque só o céu será o limite... Mas garanto, nunca, por nunca esquecer-me-ei do som da chuva a bater nos estores do meu quarto.. Nesta fria noite de outono, a fazer-me sonhar com o amanhã! A fazer-me sonhar com o dia que tudo mudará... Com o dia que serei feliz...

Porque... "O caminho para a felicidade está em vivermos o presente.

Enfim...

Anos depois decides dizer que te apaixonaste por mim naquela altura.. Passamos tanto tempo juntos, vivemos tanto um pelo outro.. E só agora dizes.. Só agora..

Agora? É tarde demais.. És pai, marido e tens uma vida onde eu já não tenho lugar.. Agora? É tarde demais..

Meaning.. Mais valia estares calado..

Wednesday, 24 November 2010

People NEVER Change...

Sinceramente não acredito que as pessoas mudem.. As pessoas são más e sempre serão más.. Não há volta a dar.. As atitudes que tomam têm sempre alguma finalidade.. Se estão bem é porque querem algo.. Se estão más é porque já se fartaram de algo.. Não acredito mesmo.. A vida ensinou-me a não acreditar.. Ou então foi ao contrário e eu é que aprendi mal.. Nunca se sabe.. A ver vamos.. As i used to say.. People never change.. Them just hide themselfs.. Anyways..

ps. Merda pras greves além de afundar o país mais um bocado deixam uma pessoa fechada em casa todo o dia.. Foda-se..

Sunday, 21 November 2010

É que ele não pode ser prejudicado...

Não confundas o amor com o delírio da posse, que acarreta os piores sofrimentos. Porque, contrariamente à opinião comum, o amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, esse é que faz sofrer. (...) Eu sei assim reconhecer aquele que ama verdadeiramente: é que ele não pode ser prejudicado. O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.

Saturday, 20 November 2010

Lies..

In the end, everything was lies.. Everything i wanted to believe.. Was lies.. And nothing more.. You were a lie.. You, your words, your touch.. Everything that came from you was a lie.. You are a lie.. At least, in my life..

Friday, 19 November 2010

Sleep well, my angel

Dorme bem. Encosta a tua cabeça ao meu peito e deixa-te dormir.. Deixa-te levar para o mundo dos sonhos.. Onde podes criar a tua realidade, o teu momento. A tua felicidade. Deixa-te embalar pela melodia do meu coração, pelo bater que vive por ti.. Sonha contigo, sonha com o teu futuro, sonha com o amor.. Fecha os olhos e diz-me o que vês.. Vês o mundo perfeito? Vês o que sempre quiseste ou sentes que ainda está longe? Sentes que é ainda inatingível? Ou apenas conformas-te que nunca o terás? Encosta-te a mim e chora, desabafa.. Diz-me o que te vai na alma.. Fecha os olhos e deixa que toda a dor se vá embora.. Toda a mágoa, amargura, tristeza.. Deixa tudo para trás.. E deixa-te ir.. Deixa-te ser feliz.. Esquece-te de mim.. Age, uma vez mais, como se eu não estivesse aqui.. Como se fosse apenas alguém dispensável a quem recorres quando estás mal, quando te sentes triste.. Age como se tudo o que disse fosse verdade ou continua a tentar iludir-me como se eu não visse o que se passa a minha frente.. Sabes? Custa-me estar presente para ti.. Custa porque magoa! Magoa ver-te já aí num instante e logo a seguir do outro lado do mundo, com outra pessoa.. Ver-te adormecido custa a crer que mentes com tudo o que tens.. Sorris com o jeito meigo que só tu tens, como um anjo que desceu a terra.. Como a criatura mais perfeita do mundo.. Com um teu sorriso tão único, tão lindo que só tu tens.. Que expressão serena.. És como um anjo.. És o meu anjo.. Quer dizer, foste.. Lamento que sejas como és.. Lamento as atitudes que tomas.. Lamento que sejas como és.. Lamento apenas.. Lamento teres sido um erro, TUDO ter sido um erro.. Ou talvez não.. Talvez isto já seja eu a sonhar.. Talvez nada do que digo e escrevo mostra como realmente sinto.. Nada do que vive comigo é fácil de explicar, e infelizmente (ou então não) faltam-me palavras para descrever.. Dor? Paixão? Desilusão? Amor? MERDA! TUDO MERDA! Sinceramente não te consigo dizer o que é pior, se é sentir e sofrer porque sinto e porque as pessoas desiludem-me constantemente ou não sentir e simplesmente deixar de criar laços.. Se o tivesse feito contigo, Anjo, nada do que vejo me afectaria como agora.. Nem os teus sonhos, o teu mundo perfeito, os teus desejos.. Sonhos que sonhas enquanto tens a cabeça ao meu colo.. Olho para ti e continuas calmo, sereno.. A perfeição das tuas feições cegam-me novamente.. Fico a olhar para ti.. Para os teus traços delicados, para o teu sono profundo.. Descansa.. Amanhã será diferente.. Amanhã talvez os teus sonhos mudem.. Ou então talvez acordes.. E vejas que o mundo não é perfeito como o que queres.. A realidade não é perfeita, mas é aquela que temos.. É aquela que tenho e onde tu estás.. E isso faz dela quase suportável.. Só porque os teus olhos meigos, o teu jeito, o teu toque estão lá.. Estão presentes.. Porque és importante.. Porque és tu.. E só porque sim.. Agora vá, dorme.. Fecha os olhos novamente e não faças caso do que te digo.. São disparates entre as linhas do meu pecado.. Do meu presente.. Da minha dor.. Dorme bem.. Meu anjo..

Thursday, 11 November 2010

NO SHIT, DON'T TELL ME !!

Bela merda.. Como se alguma vez fosse possível.. Enfim.. Always like "the one you can always depend on"..

Farta disto.. De tudo mesmo..

Wednesday, 10 November 2010

A Year From Now

Complete and total adoration,
My gift to you, my heart was yours.
In ten weeks you shaped it, In one night you murdered it.
Torn from my chest and laid at your feet,
That first step that you took was the worst.

Since then you've walked a thousand miles in silence and short remark,
And I still have these memories,
But we'll never see what we could have been.

Remember when we talked about where we'd be a year from now?
Remember when you held my hand like you'd never let it go?
Remember. cause that's all you can do.

We'll never make another memory,
We'll never make another memory.

I wish I'd have died in your arms the last time we were together,
So I wouldn't have to wake without you today.
This time I thought things were real.
You said they were.

What happened?
You were a priority,
Was I an option?

I let you see a side of me that I don't share with anyone.
Promises are just words unless they are fulfilled.
You knew from the beginning all I had to offer you was my heart,
I'm sorry that wasn't enough.

So, we'll go our own ways,
And hopefully you'll remember the things I've told you,
Hopefully you'll understand that everything I said was in sincerity.

A broken heart is not what I wanted from this,
But I guess I've learned from it.

But aren't you supposed to learn from your mistakes?
I don't consider this a mistake,
I just wish the story didn't end this way,
Cause I'm still in love with the person who helped me write it.

Remember when you held my hand like you'd never let it go?
Remember when we talked about where we'd be a year from now?


Across Five Aprils

Sunday, 7 November 2010

Too late...

Estás num bar onde todos conhecem-te, encostada ao balcão na tua, a curtir o teu som. Dás-te conta que há "sangue novo" no território e, de longe, observas os forasteiros.

Um deles apresenta-se: "Hey, sou o Jorge. Posso pagar-te um copo?".

Tu, receosa como sempre, não aceitas a primeira, mas depois de muita conversa ele convence-te a aceitar, afinal, um copo não faz mal a ninguém. Começas a beber e continuas a falar com o tal rapaz, sentes-te cada vez mais a vontade e nem dás conta de que o tempo está a passar. Ele paga-te outro copo, e mais outro e nem te apercebes de que estás a ficar cada vez mais vulnerável. Por volta da hora de fecho do bar, dás por ti tonta, sem reacção, completamente drograda. O moço, na sua boa fé, oferece-se para levar-te a casa. Tu, sem sequer pensar no assunto, aceitas. Afinal, o que tem de mal? Ele até parece boa pessoa!

Entretanto, adormeces no carro... Quando acordas, vês que estás numa rua do Bairro Alto, sem noção do tempo, sozinha. Pensas para ti: que estou a fazer aqui? Aquele monte de merda enganou-me bem. Ouves passos, mas não tens força nem controlo sobre ti para sequer virares a cara para ver quem vem lá.

De repente a pessoa aproxima-se de ti e senta-se ao teu lado. Só tens força para abrir os olhos e pouco mais. Ouves, como um suspiro ao teu lado:

"Olá criatura. Que decadência a tua, ao fim destes anos todos observei-te de perto sem que desses por mim. Segui os teus passos. Vivi na sombra do teu ser. Para que? Para poder estar presente quando o momento certo chegasse. E hoje o grande dia chegou. Gostaste do meu amigo Jorge? Ele é um porreiro. E sabes da ultima novidade? Trabalho na disco onde estiveste. No bar mais concretamente. Estás com mau aspecto. Bebeste demais? Ou então foi daquele pozinho branco que deixei cair, inocentemente, em todos os copos que bebeste? Ooops... My fault... Sabes, hoje quero mostrar-te algo, quero mostrar-te que aprendi contigo o sentido mais puro do sentimento que nutri por ti durante todo este tempo. "A vingança tarda, mas não falha". E é isto. Tardou mas cá estamos, tu drogada e bêbada no meio de um beco e eu lúcida, mas cega de ódio. Hoje será a ultima vez que terás coragem para ser quem foste, porque garanto-te não voltarás a ser a mesma criatura que foste em tempos. Sabes o que tenho aqui? Um brinquedo para ti. Uma razorblade. Deixa-me ajudar-te, sei que tens sofrido muito e tenho a perfeita noção de que queres por um ponto final nesta tua vidinha miserável. Eu ajudo-te, afinal os amigos são para as ocasiões, right? (...) Ooops... Acho que foi muito fundo, o jacto de sangue fez ali uma bela pintura na parede hum?? Deixa cá ver o outro braço agora. (...) Ooops... Acho que exagerei neste também! Enfim. Deixa lá. Não deves sentir muita coisa neste instante. Enfim, está na minha hora! O Jorge está a minha espera no carro. Vemo-nos por aí, ou deverei dizer, vejo-te no inferno?"

Não consegues acreditar no que te está a acontecer. Vês o teu sangue por todo o lado e mal te lembras da pessoa que te fez isto. Tentas poupar os teus últimos suspiros no caso de alguém aparecer para te ajudar. Começas a pensar no que deixaste para trás, no que foste e no que fizeste. Aquela voz não te era estranha. Era-te muito familiar mesmo. Num flash de memória, nos poucos minutos que te restam, a imagem de duas miúdas, duas amigas, ou talvez, mais que isso, aparecem-te de repente na cabeça. Era ela! A tal que juraste fazer a vida num inferno. Olhas para ti mesma, nesse estado, a esvairar-te em sangue, sem ninguém por perto, sem fôlego nenhum.

Chegou a tua hora, pagaste pelos teus actos. Resta-te um último suspiro e dás por ti mesma a dizer... Desculpa.

Mas infelizmente, era tarde demais.

Sunday, 26 September 2010

Estudante Universitária


É verdade.. Ainda não acredito apesar de já ter sido praxada até mais não, depois de praticamente gritar até cuspir parte dos meus pulmões, e até ter ido à festas da faculdade.. Enfim.. Vamos a ver como isto corre.. Btw o blog já tem teias?? Há tanto tempo que não passava aqui lol anyways.. Até um dia! lol

Thursday, 12 August 2010

Facebook .. Cliquem em "Gosto!" por favor :p



Bem maltinha, a foto é esta.. Por favor acedam ao link e cliquem em "Gosto" ou "Like" ou wtv... lol... É esta a foto que escolhi p/ concorrer... Embora não me meta muito nestas andanças eu ando a "namorar" uma máquina Nikon há mais de um ano... Portanto ficaria-vos eternamente grata se me ajudassem :D

CLICK "I LIKE" PLEASE<3

Monday, 12 July 2010

happy birthday to me...


Um dos piores dias de ultimamente... Fazer anos é uma merda bem grande... Estou desgastada... Sem paciência.. Detesto esta vida... Mas enfim... apareceu-me vir cá debitar merda.. -.-''

Sunday, 11 July 2010

Birthday Party


Absiinthe B'Day Party @ Covil Bar em Almada no próximo dia 17 de Julho (Sábado) ! NÃO FALTES !  :p


Monday, 21 June 2010

Pensamentos e atrofios

"Conservar algo que possa recordar-te seria admitir que eu pudesse esquecer-te..."

William Shakespeare

Saturday, 19 June 2010

O Sorriso - José Saramago || R. I. P

Sorriso, diz-me aqui o dicionário, é o acto de sorrir. E sorrir é rir sem fazer ruído e executando contracção muscular da boca e dos olhos.
O sorriso, meus amigos, é muito mais do que estas pobres definições, e eu pasmo ao imaginar o autor do dicionário no acto de escrever o seu verbete, assim a frio, como se nunca tivesse sorrido na vida. Por aqui se vê até que ponto o que as pessoas fazem pode diferir do que dizem. Caio em completo devaneio e ponho-me a sonhar um dicionário que desse precisamente, exactamente, o sentido das palavras e transformasse em fio-de-prumo a rede em que, na prática de todos os dias, elas nos envolvem.
Não há dois sorrisos iguais. Temos o sorriso de troça, o sorriso superior e o seu contrário humilde, o de ternura, o de cepticismo, o amargo e o irónico, o sorriso de esperança, o de condescendência, o deslumbrado, o de embaraço, e (por que não?) o de quem morre. E há muitos mais. Mas nenhum deles é o Sorriso.
O Sorriso (este, com maiúsculas) vem sempre de longe. É a manifestação de uma sabedoria profunda, não tem nada que ver com as contracções musculares e não cabe numa definição de dicionário. Principia por um leve mover de rosto, às vezes hesitante, por um frémito interior que nasce nas mais secretas camadas do ser. Se move músculos é porque não tem outra maneira de exprimir-se. Mas não terá? Não conhecemos nós sorrisos que são rápidos clarões, como esse brilho súbito e inexplicável que soltam os peixes nas águas fundas? Quando a luz do sol passa sobre os campos ao sabor do vento e da nuvem, que foi que na terra se moveu? E contudo era um sorriso.

Friday, 18 June 2010

Exames Nacionais 2010

ODEIO MATEMÁTICA E ECONOMIA MAIS DO QUE TUDO NESTA PUTA DE VIDA!!!!! -.-

Tuesday, 8 June 2010

Wednesday, 19 May 2010

É hoje! ou não (infelizmente)...

Um dia desato aos murros e pontapés e parto a fucinheira a todos os filhos das putas que me fodem o juizo!!!

Cafés nicola, hoje é o dia!

Quem me dera.. Ai quem me dera... FODA-SE!

Cheguei a conclusão que, maioritariamente, conheço 2 tipos de pessoas: as que se ralam com outras pessoas e pessoas que fazem de tudo para que se ralem por elas. E se há coisa que eu ODEIO é o egoísmo nesta gente!!! Amostras de gente com quase 30 anos que não podem ver ninguém com nada que mandam-se logo à elas!! Parecem abutres!! Que nojo x: Aliás, abutres não, crianças de 3 anos!!! O meu irmão de 4 tem esse tipo de atitude!!!


O que é teu está guardado... E o meu dia vai chegar...

Tuesday, 11 May 2010

Amar é a eterna inocência

O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo...
Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender ...

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar ...
Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar...

Alberto Caeiro

Friday, 23 April 2010

Out of control

Quando começo a perder o controlo sob as situações começo a entrar em parafuso. POR FAVOR tenta perceber! =X

Tuesday, 20 April 2010

Tudo o que sou não é mais do que abismo

Tudo o que sou não é mais do que abismo
Em que uma vaga luz
Com que sei que sou eu, e nisto cismo,
Obscura me conduz.

Um intervalo entre não-ser e ser
Feito de eu ter lugar
Como o pó, que se vê o vento erguer,
Vive de ele o mostrar.

                    Fernando Pessoa

Monday, 12 April 2010

ftç

O único homem que amei, foi aquele que nunca tive...


... talvez seja verdade... ou talvez não passe de mais uma ilusão minha... o amor... que coisa tão estranha... distorcida da realidade... tão bléh...

Wednesday, 7 April 2010

Roupinha nova

Mudei a skin do blog.. Fartei-me da anterior.. Quando encontrar qualquer coisa melhorzinha meto pra aí.. Caso contrário fica mesmo esta..

Ice Cold...


Hoje é assim que me sinto... Sem motivo aparente... Sem razão... Apenas porque sim...

ps. não mencionei que a minha noite no Covil Bar foi brutal :) toda a gente curtiu... foi um f.d.s em grande... mas estou magoada com alguém... muito, muito triste... mas pronto.... há-de passar...

pps. já estou em estágio... ou seja... não tenho tempo pra nada... e ando a morrer praticamente todos os dias... enfim...

Sunday, 21 March 2010

Nemesis Act V @ Covil Bar em Almada 02/04/2010 com DJ Absinthe

Pois é verdade... Vou ser DJ em serviço da Nemesis Rádio no próximo dia 2 de Abril no Covil Bar. Vai ser uma noite acompanhada por uma feira medieval e de ocultismo com boa disposição e boa música a cargo demais uma DJ nemesiana \m/
Orgulho-me de pertencer à melhor rádio online do planeta \m/ Nemesis Radio um projecto de vida !


Selecciona a caixa a seguir para poderes copiar o código de html do flyer para o caso de o quereres publicitar ou mostra-lo à alguém :)

Saturday, 20 March 2010

E se fosses passear? hun?

Quanto mais conheco pessoas, mais gosto de animais... Como foram capaz de fazer-te isto tio? COMO? Será que já não existe senso comum? Será que ainda existem criaturas que não sabem distinguir o bem do mal? Esta gente cada vez desaponta-me mais...

Estou no limite... O que há depois disto? Não sei... Mas também pouco me interessa...

:x

Friday, 19 March 2010

Incandescência Sonora com DJ Absiinthe aos sábados das 20h as 22h na .::. Nemesis Radio .::.

Pois é verdade... Sou locutora do Programa Incandescência Sonora, aos sábados das 20h as 22h na .::. Nemesis Radio .::. !

Um programa dedicado ao metal gótico e sinfónico vindo de todo o mundo. Marca a tua presença no nosso guestbook e consulta a nossa grelha de programação para encontrares um programa com que te identifiques mais :)



O blog GothicAngel recomenda :p

Saturday, 13 March 2010

Inveja mata.. ou devia matar..

Só tenho uma coisa a dizer...


... Não percam tempo a invejar a minha vida, lutem para chegarem onde eu cheguei !

Friday, 5 March 2010

Depois de tanto tempo...

Sigo-te de perto.. Nunca te esqueci.. Será que sabes? Ou te importas?

Monday, 1 March 2010

Ele também disse...

"Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Más há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isso não tem importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado."

William Shakespeare

Sunday, 14 February 2010

Adeus e até já!

Muita gente neste mundo deve odiar-me.. Mas whatever.. O sentimento é recíproco.. Não gostas? Não és obrigado/a a aturar..

ps. Estou contigo Tio.. Recupera depressa..

Tuesday, 2 February 2010

Ele disse...

"Que jamais cresça em meu peito um coração que confie num juramento ou numa afeição."

William Shakespeare

Wednesday, 27 January 2010

Thursday, 14 January 2010

Se eu quero, eu posso! E se eu posso, vou conseguir! Nem que tenha de passar por cima de TODOS que se impuserem no meu caminho.

Saturday, 9 January 2010

Estou doente sim, e é da cabeça... Óh que estupidez... Porque é que eu ainda me dou ao trabalho de arriscar seja o que for? Mas será que não aprendo?

Sunday, 3 January 2010

Perfeição. Nada mais. Apenas a combinação perfeita de todos os defeitos + qualidades que me interessam. O desafio que me chama tanto a atenção. E agora? Que fazer?

...

ESTOU DOENTE FODA-SE!

Saturday, 2 January 2010

Fim de ano estrondozo... Na melhor companhia... A melhor, sem dúvida!