Thursday, 23 July 2009

Sofre-se quando se ama, se tem coração, se sente vivo... Mas é tão triste viver sem sonhos, esperança, amor... Sem sentir a vida a passar... Sem dar-se conta de nada... Simplesmente ver a vida a passar-me ao lado... Sinto-me cada vez mais sozinha... É incrível... Não caí uma lágrima, não tenho reacção... Não tenho vontade de nada... Só tenho um vazio que me consome, destrói-me aos poucos, que vai matar-me no silêncio do que resta do meu coração...


AHHH estou a desesperar...

2 comments:

Emelin Frances said...

Olá moça. Passava por entre blogs e parei no teu. Pensei em comentar este pequeno escrito baseando-me no que também vejo e sinto. Cada sentimento é mortal, se não soubermos como lidar com ele. Não se sente vivo a todo momento, não se é feliz no amor (qual sentimento maior e cuja face possui duas imagens para magoar alguém?), não se sabe todo o tempo se o caminho certo é aquele que andamos. Costumo dizer que a tristeza nos faz fortes de certa forma. Com o tempo, escolhe-se pelo que e por quem deverás chorar. Mas deve haver sorrisos dentre as coisas que gostas de fazer e pessoas que gosta de estar. Deixo-te uma frase que por mais conhecida por nós, nunca lhe damos o real valor:

"Stop dreaming, start living"

Isso mudou a minha vida, ao menos minha tristeza. Pensava alto, alto. Fugir daqui, reconstruir a vida em algum lugar longe, seguir meus sonhos, decobrir exatamente quais são. Mas percebi que não fazer nada até lá não construiria esse caminho a seguir. Resolvi se não posso ir em outra cidade, visitar algum amigo. Bem diferente não é? Mas são as pequenas coisas que substituem as grandes enquanto elas não se aproximam de nós.

Não dava, e talvez ainda não dê por completo, valor às pequenas coisas, mas essa frase, abriu-me as pupilas. O que não quer dizer que não fique mais triste ou me sinta sozinha, mas quer falar sobre as pequenas coisas...Como encontrar satisfação entre elas.

Este é o meu blog:

http://devaneiosporqueeugosto.blogspot.com

Onde escrevo o suspiro que às vezes nos implora para sair.

Abraços.

Lady-Fog said...

Olá. Desde já obrigada pelos comentários :) Tens um jeito enorme para escrever. Em cada comentário consegues dizer coisas tãooo bonitas.
Em relação ao teu blog, tens textos tão bons que eu chego a não ter palavras para comentá-los! Não tenho muito jeito para me expressar :/
Vou passar aqui mais vezes... ao ler o que escreves por vezes encontro-me ;)
Fica bem
*****