Saturday, 25 October 2008

Teus olhos azuis tomaram conta de mim, tua maneira de ser foi-me conquistando aos poucos até fazeres definitivamente parte de mim. Mais um má escolha? Não sei... Os teus olhos tudo valem, tudo o que puder dar, tudo o que conseguir, até tudo o que não puder, tentarei até mais não poder... Quero-te. Sim quero-te! Preciso gritar para os 7 ventos? Gritarei até ficar sem voz! Será preciso amanhecer um e outro dia até que te possa ter? Viverei e consegui-lo-ei! Um objectivo? Talvez, apenas quero ser feliz! Quero viver... Quero ser eu mesma! Mas ao teu lado. Mas nunca te esqueças, eu estou aqui, a tua espera, mas não vou esperar eternamente! Um dia, quando te deres conta, poderá ser tarde demais! ^^

Recado dado, Adeus..

(de notar que é quase uma da manhã e eu acordei as 6h20 pra ir pra puta da escola... não exijam muito de mim... sou uma alma perturbada... LOL)

1 comment:

epo said...

Quando, Não Sei…



Há-de chegar o dia

em que a minha tristeza há-de acabar...

Tudo finda,.. renasce e recomeça...

E esta tristeza há-de ter fim!

E então minha alegria

há—de voltar!...



Só tenho medo

que, quando ela regressar

eu esteja tão cansada de viver,

que não chegue a festejar

esta ânsia enorme de vencer!,..



Sim, porque da tristeza sempre fica

um jeito desolado...

Mas não! Eu hei-de ser alegre,

e endoidecer cá dentro

toda a amargura do passado!



Mas não tardes

a realidade

do meu sonho!...

Porque há quem morra de saudade

e dor!

E eu não sei se terei vida

que chegue

se a tua demora

for mais longa, meu amor!



Dezembro

1925