Monday, 18 August 2008

?


Vejo-me deitada na cama, todos correm a minha volta e nada consigo fazer. Grito e ninguém me ouve. O que posso fazer? Não consigo mexer-me na cama! Oiço gritos estridentes.. Todos choram a minha beira. Que faço? OIÇAM-ME! Estou aqui! Calma.. Estou bem.. Por favor não chorem mais! Oiço a ambulância chegar, mas o que se passa?? Estou bem, estou de pé, consigo andar, ouvir, sentir, chorar.. Vejo as luzes azuis e vermelhas a rodarem enquanto levam-me deitada para dentro da ambulância.. Vejo os paramédicos e reanimarem-me e o meu corpo sem resposta continua imóvel. Continuo sem perceber.. Ainda oiço os gritos do meu irmão e sinto as lágrimas da minha mãe a caírem sobre a minha face.. Quero despertar mas não sou capaz! Por favor acordem-me.. Sinto um enorme desconforto por causar tanta dor e sofrimento! Sinto-me inútil e incapaz de ver as pessoas que amo a sofrerem assim.. Só queria mais uma chance para poder voltar atrás neste trágico dia 19/01/07..

Acordo de repente sem saber onde estou.. O que faço aqui.. Dou conta que estou no hospital.. Sim, tive a minha chance..

1 comment:

Magykeiser said...

Chances are fading
This world isn't waiting
The moment is passing you by