Friday, 22 August 2008


Já sentia-te tão perto.. Já era como se te pudesse tocar.. Mas como habitual ficou tudo pelo ficar.. Os sonhos abandonaram-nos novamente.. Não merecíamos isto.. Não, não, não.. Sinto-me oca.. Não me interessa nada mais..

Por debaixo duma carapaça que poucos sabem existir os problemas de saúde alastram-se e a capacidade de raciocínio diminui.. Sinto que aos poucos vou cedendo a este ritmo exorbitante.. Não quero continuar mais.. O que é uma úlcera comparado com tudo que já passamos até hoje?

Mas eu não desisto.. Vou continuar.. E sim, alcançar-te-ei.. Aconteça o que acontecer..

1 comment:

Magykeiser said...

Que se explodam todos \o/